CenterVet
Clínica Médica
Cio a Acasalamento-Gatos
 

O cio é o período em que a fêmea está apta para aceitar o macho, ou seja, acasalar.

Como podemos detectar o cio? O cio da gata não ocorre como na cadela, não há alterações como inchaço da vulva nem leve corrimento sanguinolento. O que é comum acontecer na gata é a mudança brusca de comportamento. A gata passa a miar freqüentemente e se esfregar nos móveis e nas pessoas.

Normalmente a gata tem o primeiro cio por volta do 5º ao 8º mês de vida. A partir daí o cio se repete uma vez por mês aproximadamente. Este intervalo vai depender se a gata cruzou durante o cio ou não. Se as gatas não tiverem contato com um macho, os intervalos entre os cios serão de cerca de 16 dias. Em casos de gatas não gestantes que tiveram contato sexual com gatos, mas não foram fecundadas, o intervalo entre os cios é de no máximo 42 dias.

O cio da gata dura em média de 4 a 7 dias.

O aparelho reprodutivo está perfeitamente formado no terceiro cio, que é o ideal para o primeiro cruzamento. Não é recomendado que se cruze a gata em todo o cio. Isso porque o processo gestação-parto-amamentação é muito desgastante. O ideal é que se acasale a fêmea num cio e a deixe descansar no próximo.

Antes de pensar em acasalar sua feminha, você deve analisar bem fatores como custos com a assistência veterinária e exames laboratoriais, tempo disponível para cuidar da ninhada e o destino dos filhotes.

Bom, decidimos deixar a fêmea acasalar então devemos tomar alguns cuidados, ou seja, realizar o seu pré-natal.
Então para o pré-natal:
- tragam a fêmea para uma avaliação veterinária antes do acasalamento;
- observe seu cartão de vacina e coloque em dia as vacinas e os vermífugos;
- mude sua alimentação, troque a ração de adulto por de filhotes.
- e com o passar dos 2 meses de gestação (para ser mais exato de 58 a 63 dias) vamos orientando sobre os cuidados com a gestante e como proceder na hora do parto.

E agora, qual macho colocar pra cruzar? Se vocês não tiverem em vista ou não conhecerem, nós ajudaremos a procurar um macho da mesma raça.

Chegou a hora do acasalamento. O que fazer, como fazer e aonde fazer? Como regra geral é sempre melhor que a fêmea seja levada para a casa do macho, uma vez que fora do seu território ela estaria menos agressiva não precisando defender seu espaço. Isto é apenas uma regra e em algumas condições ela pode ser quebrada, mas o mais importante é que a fêmea se encontre realmente no cio.

Normalmente, estando a gata no seu período fértil basta colocar os pombinhos, quer dizer, os gatinhos juntos, que o macho tentará subir na fêmea para proceder o coito. Uma particularidade no cio da gata é que ela é a única fêmea entre as espécies cuja ovulação é induzida pelo coito, ou seja, se a gata não cruzar ela não irá ovular. A ovulação ocorre no dia da cópula, por isso, é pouco provável que a gata tenha filhotes de gatos diferentes o que pode ocorrer com a cadela.

Uma observação importante é que o gato possui espículos (pequenos espinhos) no pênis, por este fato, durante a cópula, além do gato "morder" a nuca da fêmea, estes espículos machucam a vulva dela. Por estes motivos nós ouvimos tantos miados e brigas na madrugada durante a cópula dos gatos.

Existem casos de dificuldades e impossibilidades no acasalamento, assim como infertilidade nas gatas ou nos machos. Com a nossa ajuda é preciso analisar e descobrir a causa.

 


 
 
 
 
Home   |   Ver Animação   |   Dog Vip   |   Classificão   |   Quem Somos   |   Contatos   |   Mapa do Site
 
 
 
Copyright © 2005 CenterVet. All rights reserved.